Petição pública pede a cassação do mandato do pastor Marco Feliciano por “manifestações de homofobia”

Após divulgação de vídeo em que o Deputado Federal, Marco Feliciano, aparece ‘denunciando’ um suposto ativismo gay no Brasil, em um culto realizado em um Congresso Gideões Missionários,http://focosbrasil.wordpress.com/2012/09/20/a-aids-e-uma-doenca-gay-diz-deputado-federal-marco-feliciano/ uma campanha foi formada pedindo a cassação do mandato do pastor como deputado federal, através da organização Petição Pública Brasil.
A iniciativa da petição pública utiliza a a internet para colher assinaturas para levar o pedido à Humanos da Câmara dos Deputados.
A argumentação é de que o pronunciamento do pastor é de caráter homofóbico e discriminatório, onde ele diz que a AIDS é uma doença exclusiva dos homossexuais, e os mesmo são responsáveis pela sua propagação (SIC).
“Manifestações como essas se enquadram como racismo, segregação racial, falta de respeito aos direitos humanos, homofobia e são de caráter separatista frente a população”, diz o texto da petição.
Entre os objetivos dos signatários, o principal é que o movimento tenha fins reparador: “Não podemos aceitar que algo desse tipo seja praticado em nossa sociedade e que os deputados como o pastor Marcos Feliciano usem de seu poder e autonomia para criticar, segregar e desmerecer o ser humano, desrespeitando camadas da população, praticando o preconceito sobre a mesma”.
 
Fonte: Foco Brasil

Postagens mais visitadas deste blog

Edital de Seleção de Participante I Seminário Nacional de Jovens Lideranças para o Controle Social do SUS no âmbito do HIV/Aids

Confira as 100 pessoas selecionadas para o I Seminário Nacional de Jovens Lideranças

Lista de pessoas selecionadas atualizadas