Ricky Martin dá declaração contra lei que exclui gays dos crimes de ódio em Porto Rico


Ricky Martin falou nessa última terça (6) sobre um movimento no senado de Porto Rico para excluir os LGBT das leis de crimes de ódio do país.
"Estou muito triste sobre a discussão de leis criminais que acontece em Porto Rico e que propõe a eliminação de fatores agravantes nos casos de crimes cometidos motivados pelo preconceito com as vítimas", disse o cantor no seu blog.
Martin disse que, enquanto as grandes nações se concentram em proporcionar aos seus cidadãos direitos básicos, alguns políticos em Porto Rico estão fazendo exatamente o contrário, "a promoção da desigualdade e do ódio."
"Eles devem fazer a sua lição de casa e rever um pouco a Declaração Universal dos Direitos Humanos ... que diz que todos - os cidadãos - são iguais perante a lei e têm, sem distinção, o direito a igual proteção perante a lei", postou o cantor.
Alguns ativistas e políticos locais se reuniram no último fim de semana para fazer coro contra a mudança do código penal. 

Postagens mais visitadas deste blog

No dia do Rock veja a lista dos roqueiros que assumiram sua HOMOSsexualidade

Lista de pessoas selecionadas atualizadas

Sauna Soho inova na programação e conquista mais frequentadores