Curitiba pode ter sua primeira vereadora travesti em 2012


Após reunião na última quinta-feira, 8 de dezembro, com pré-candidatos do PT para as eleições de 2012, a ativista travesti Andrielly Vogue decidiu que vai tentar, mais uma vez, uma vaga na Câmara Municipal de Curitiba. Ela terá sua identidade de gênero respeitada e se candidata dentro da cota feminina do partido. 
"O pessoal está me garantindo que vou entrar na cota feminina. Eu nem ligo que usem meu nome de batismo na urna, por exemplo, eu amo meu nome, mas que coloquem entre aspas o Andrielly Vogue, porque eu preciso ser identificada", conta. Nas eleições de 2010, Andrielly ficou de fora da disputaporque sua candidatura havia sido registrada na cota masculina, muito mais cheia.

Mas em 2012 ela promete que estará no espaço dedicado as mulheres. "Respeito, é só isso que eu peço à executiva do partido. Eu ainda não sou vereadora, mas me sinto vereadora", antecipa a curitibana, que se veste "24 horas como mulher".

Postagens mais visitadas deste blog

Lista de pessoas selecionadas atualizadas

No dia do Rock veja a lista dos roqueiros que assumiram sua HOMOSsexualidade

Edital de Seleção de Participante I Seminário Nacional de Jovens Lideranças para o Controle Social do SUS no âmbito do HIV/Aids