Rússia quer calar e excluir ainda mais os homossexuais


Depois do Prefeito de Moscou ter proibido na base da porrada a Parada LGBT da Cidade, agora líderes políticos em São Petersburgo na Rússia estão prestes a votar uma lei que tornará ilegal qualquer pessoa que: escrever um livro, publicar um artigo ou falar em público sobre ser gay, lésbica, travesti ou transexual. O partido do governo, liderado pelo Presidente Medvedev e pelo Primeiro Ministro Vladmir Putin poderá, por meio de uma simples assinatura, tornar milhões de pessoas invisíveis. 


Defensores dos direitos humanos em toda a Rússia estão fazendo tudo o que podem para parar esse projeto de lei. Estão arriscando a sua liberdade ao organizar eventos na rua e protestos, mas têm medo que isso não seja o suficiente. 

Agora, o mundo inteiro precisa soltar o verbo e dizer às autoridades Russas que esqueçam essa lei. Faça parte desta chamada global para os líderes mundiais, para dizerem aos oficiais no Governo Russo que rejeitem uma lei tão anti democrática e discriminatória.

Eles necessitam de 175mil assinaturas e, até agora, contam com 120 mil. Não deixe o nono país mais populoso do mundo fazer isso com os LGBT. Entre no site aqui da AllOut e assine a petição

Fonte: All Out

Postagens mais visitadas deste blog

Edital de Seleção de Participante I Seminário Nacional de Jovens Lideranças para o Controle Social do SUS no âmbito do HIV/Aids

Confira as 100 pessoas selecionadas para o I Seminário Nacional de Jovens Lideranças

Lista de pessoas selecionadas atualizadas