Marcha das Margaridas reúne mulheres contra a pobreza em Brasília

Com o lema “Desenvolvimento Sustentável com Justiça, Autonomia, Igualdade e Liberdade”, aconteceu nesta terça-feira, 16 de agosto, em Brasília, a Marcha das Margaridas, encontro que reuniu milhares de mulheres de diversos países da América Latina. Organizada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag), a manifestação alertou para o fato de que são as mulheres as que mais sofrem com a pobreza no Brasil.
“Nós temos a absoluta certeza de que a pobreza no nosso País tem sexo, tem a cara feminina; tem cor, pois são negras as pessoas mais pobres; e tem lugar: estão no campo e na periferia das cidades. Portanto, nossa pauta não tem só apelo, mas também legitimidade”, pontua Carmem Foro, secretária de Mulheres da Contag.
Entre as atividades, a Marcha das Margaridas  lançou a campanha contra o uso agrotóxicos e um ato público no Congresso Nacional pela reforma política. Nesta quarta, as mulheres seguiram em marcha na Esplanada dos Ministérios. O ato de encerramento aconteceu na “Cidade das Margaridas”, às 15h, com a presença da presidenta Dilma Rousseff.
A marcha percorreu as ruas da capital federal para divulgar a pauta de reivindicações, que abordam questões como democratização dos recursos naturais, atualização dos índices de produtividade no campo, fim da violência no meio rural, maior participação política da mulheres e melhores condições de trabalho, com autonomia e igualdade.
A Marcha das Margaridas se consolidou na luta contra a fome, a pobreza e a violência de gênero a partir de mobilizações nacionais realizadas em 2000, 2003 e 2007.

Com informações da Rede Brasil Atual.

Postagens mais visitadas deste blog

Lista de pessoas selecionadas atualizadas

No dia do Rock veja a lista dos roqueiros que assumiram sua HOMOSsexualidade

Edital de Seleção de Participante I Seminário Nacional de Jovens Lideranças para o Controle Social do SUS no âmbito do HIV/Aids