Polícia identifica dois suspeitos que agrediram pai e filho por achar que eram homossexuais

Pai mostra a orelha cortada após ser confundido com casal gay ao abraçar o filho em feira de exposição no interior de SP
A Polícia Civil já identificou dois suspeitos de terem participado da agressão contra um homem de 42 anos e seu filho de 18, na madrugada da última sexta-feira, em uma exposição na cidade de São João da Boa Vista (216 km de São Paulo).
Pai e filho são agredidos após serem confundidos com casal gay
De acordo com testemunhas, a agressão aconteceu após as vítimas, que estavam abraçadas, serem questionadas se eram gays. Durante o tumulto, um dos criminosos mordeu e decepou parte da orelha do pai.

Um dos suspeitos identificados tem 25 anos e prestou depoimento ontem no 1º DP da cidade. Segundo a polícia, ele confessou ter participado da briga, mas negou que ela tivesse sido motivada pela suspeita de que as vítimas fossem gay.
Segundo a Polícia Civil, pai e filho estavam abraçados e foram abordados por cerca de sete homens, que foram embora após as vítimas dizerem que não eram gays. O grupo, no entanto, retornou e iniciou a agressão contra os dois.
A polícia chegou a pedir a prisão do suspeito, mas o pedido foi negado pela Justiça. A segunda pessoa identificada ainda não prestou depoimento.
A identificação dos suspeitos foi feita após análise de imagens captadas por câmeras de segurança. 

Fonte: Folha.com

Postagens mais visitadas deste blog

Edital de Seleção de Participante I Seminário Nacional de Jovens Lideranças para o Controle Social do SUS no âmbito do HIV/Aids

Confira as 100 pessoas selecionadas para o I Seminário Nacional de Jovens Lideranças

Lista de pessoas selecionadas atualizadas