Parada Gay vai comemorar 15 anos em São Paulo com valsa para 1 milhão de casais



Evento ocorrerá na avenida Paulista no próximo dia 26, a partir das 12h 
Ana Letícia Leão, do R7  
A 15ª Edição da Parada o Orgulho LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transexuais) quer promover uma grande valsa em plena avenida Paulista. A ideia é fazer um baile ao som da valsa Danúbio Azul, uma vez que o evento está "debutando". A informação foi dada pelo diretor-executivo do evento, André Guimarães, na manhã desta segunda-feira (6). A parada deve ocorrer no próximo dia 26. 
- Queremos quebrar o recorde com mais de 1 milhão de casais gays dançando valsa. 
Além da valsa, os organizadores prometem inovar ao promover um show de encerramento. De acordo com o presidente da associação LGBT, Ideraldo Beltrame, eles estão negociação com a cantora Wanessa, filha do sertanejo Zezé Di Camargo. 
E, por causa dessa atração extra, a Polícia Militar vai aumentar o efetivo durante o desfile. De acordo com o comandante Renato Siqueira Campos, serão 1.500 policiais militares fazendo a segurança na região. No ano passado, foram 800 homens. A organização do evento disse ainda que vai disponibilizar 400 seguranças particulares. 
No trecho da avenida Paulista até o final da rua Consolação, na praça Dom José Gaspar, serão montados cinco hospitais de campanha, com 180 leitos. 
O representante da prefeitura que esteve na coletiva, Franco Rinaldo, afirmou que a Parada Gay atraiu 403 mil turistas, em 2010, gerando lucro de R$ 180 milhões ao município. 
O custo da parada deste ano deve girar em torno de R$ 2,2 milhões, sendo que R$ 1 milhão deve sair dos cofres municipais. O restante será arrecadado com parceiros e patrocinadores. 
Como o tema "Amai-vos uns aos outros: basta de homofobia!", a organização do evento também quer chamar a atenção de grupos religiosos e parlamentares pedindo o fim do preconceito. Uma carta aberta foi divulgada nesta segunda. 
Uma série de palestras será realizada ao longo deste mês também para discutir o assunto, além de feiras culturais.
Só no ano passado, a parada reuniu cerca de 3 milhões de pessoas na Paulista. Neste ano, o evento deve começar por volta de 12h do dia 26, um domingo. 
Projetos :Para 2012, a organização do evento pretende fazer no mês do orgulho LGBT, uma parada a bordo de um navio. O projeto ainda está em fase de elaboração.
Fonte:Athos

Postagens mais visitadas deste blog

Lista de pessoas selecionadas atualizadas

No dia do Rock veja a lista dos roqueiros que assumiram sua HOMOSsexualidade

Edital de Seleção de Participante I Seminário Nacional de Jovens Lideranças para o Controle Social do SUS no âmbito do HIV/Aids