Ato inter-religioso reúne lideranças em defesa da homoafetividade


Eventos serão nesta quinta (9) e sexta (10) de junho, na Paróquia Santíssima Trindade da Igreja Anglicana 

15º. Mês do Orgulho LGBT de São Paulo
Ato inter-religioso reúne lideranças em defesa da homoafetividade
Teólogos, estudiosos da religião e lideranças religiosas de diversas matrizes se unem, nesta quinta (9) e sexta (10), na Paróquia Santíssima Trindade da Igreja Anglicana no Centro de São Paulo, para expressar apoio às manifestações homoafetivas, em tempos de fundamentalismo religioso. O painel “religião e homoafetividade” e o ato inter-religioso têm o apoio e parceria da Associação da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, que tem como tema do 15º. Mês do Orgulho LGBT de São Paulo “Amai-vos uns aos outros. Basta de Homofobia!”
O objetivo da APOGLBT em apoiar as atividades é estimular o debate sobre a tolerância à religiosidade de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais e o respeito à laicidade do estado brasileiro. Nos últimos meses, representantes religiosos no parlamento têm intensificado os ataques aos direitos humanos de LGBT, pressionando o governo e impedindo avanços no combate à homofobia. O tema do 15º. Mês do Orgulho visa a chamar estes setores da sociedade ao diálogo e estimular o combate à homofobia nas igrejas. O ato terá um tom confessional e emotivo ao trazer os depoimentos de familiares de LGBT sobre o enfrentamento da homofobia.


Eventos:
Painel “Religião e homoafetividade”, 9 de junho, às 20h
Ato inter-religioso, 10 de junho, às 20h
Local: Paróquia Anglicana da Santíssima Trindade
Pça Olavo Bilac, 63, Campos Elíseos, São Paulo, SP
Próximo da Estação Marechal Deodoro do Metro
Fone: (11) 3667- 8161

Programação:
09 de junho
Painel “Religião e Homoafetividade”
Coordenação de Anivaldo Padilha – Assessor do Programa Saúde e Direitos de Koinonia
Mesa:
André S. Musskopf – Doutor em Teologia pela Escola Superior de Teologia, atuando principalmente nos seguintes temas: homossexualidade, teoria queer, Teologia gay, masculinidade e gênero.
Janes Alison – Teólogo católico, Padre e autor de livros em vários idiomas, incluindo Fé Além do Ressentimento: Fragmentos em Voz Gay (versão brasileira da É Realizações).
Valéria Melki Busin – Responsável pela articulação com o movimento LGBT, pelas ações relativas à juventude e por elaboração e redação de projetos. Psicóloga pela USP e mestre em Ciências da Religião pela PUC-SP.
Iya Maria Emilia d´Oyá – Iyalorixá da COVOYÁ – Casa de Culto ao Orixá Ventos de Oyá (Candomblé da tradição Ketu), Presidente da AFECAB - Associação Federativa da Cultura e Cultos Afro-Brasileiros de São Bernardo do Campo (SP). Coordenadora da Rede Nacional de Religiões Afro-brasileira e Saúde – Núcleo SBC. Membro do GT Religiões e Aids do Estado de São Paulo. Assistente Social da Prefeitura de São Bernardo do Campo.
10 de junho
Ato inter-religioso
Horário: 20h
Realização: Paróquia Anglicana Santíssima Trindade, Rede Ecumênica de Juventude – Reju, Koinonia e Associação da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo (APOGLBT).

Postagens mais visitadas deste blog

No dia do Rock veja a lista dos roqueiros que assumiram sua HOMOSsexualidade

Lista de pessoas selecionadas atualizadas

Sauna Soho inova na programação e conquista mais frequentadores