"Sou gay", diz jogador de vôlei Michael dos Santos



O jogador do time Vôlei Futuro, Michael dos Santos, assumiu-se gay em entrevista ao site do "Globo Esporte". Alvo de ofensas durante um jogo contra o Sada Cruzeiro, pela semifinais da Superliga Masculina, o atleta lamentou a homofobia da torcida e disse que sua orientação sexual não precisa ser "comentada".
"Sou gay, mas isso não precisa ser comentado. Todo mundo aqui sabe. Lógico que nunca cheguei a assumir. Eu sou o Michael. Todo mundo sabe quem eu sou. Eles me respeitam totalmente no time. Não só aqui, mas nos 10 anos que joguei no São Bernardo. Todos os times me trataram bem", disse o jogador do time de Araçatuba (SP).
Sobre o jogo realizado em Contagem (MG), Michael comentou o incômodo que a torcida lhe causou ao insultá-lo em plena quadra. "No jogo em Contagem teve uma manifestação da torcida gritando 'bicha', 'gay', todas essas coisas. Já tinha acontecido casos isolados de algumas pessoas gritarem pelo clima do jogo", falou. "Mas nem escuto, deixo passar porque é ignorância. Mas foi um coro, senhoras, crianças e mulheres gritando, já num clima preconceituoso mesmo. Hoje resolvi falar para que isso não aconteça mais, não só comigo, caso futuramente eu vá lá jogar de novo. Se tivermos o terceiro jogo (pelas semifinais da Superliga). Igual lá, nunca aconteceu. Até por isso que resolvi falar, fazer uma manifestação."
O Vôlei Futuro encaminhou reclamação à Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) nesta segunda-feira (4) e pretende ir ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

Assista abaixo o momento em que a torcida adversária insulta o jogador aos gritos de "bicha" e "viado".




Fonte:Acapa

Postagens mais visitadas deste blog

Lista de pessoas selecionadas atualizadas

No dia do Rock veja a lista dos roqueiros que assumiram sua HOMOSsexualidade

Edital de Seleção de Participante I Seminário Nacional de Jovens Lideranças para o Controle Social do SUS no âmbito do HIV/Aids