Casal gay tem autorização para se casar na prisão



Uma travesti peruana e um argentino se casaram legalmente no Complexo Penitenciário de Ezeiza, na Argentina. O casamento entre os detentos foi realizado 10 meses depois da aprovação da lei que autoriza o matrimônio entre pessoas do mesmo sexo no país.
Eduardo e Vivian se conheceram fora da cadeia, mas acabaram presos na mesma unidade penitenciária. Ela chegou a fazer greve de fome para que os dois pudessem se encontrar nos lugares frequentados por detentos nas atividades cotidianas da reclusão.
Eduardo se desesperava com a situação e tentava alimentar a companheira.
Finalmente, o casal teve um final feliz. A cerimônia de casamento contou com tudo o que manda o ritual: vestido branco, buquê, alianças, convidados emocionados e gritos de "Viva os Noivos!". Eduardo, por sua vez, espera decisões da Justiça sobre seu futuro.

Fonte:CenaG

Postagens mais visitadas deste blog

Lista de pessoas selecionadas atualizadas

No dia do Rock veja a lista dos roqueiros que assumiram sua HOMOSsexualidade

Edital de Seleção de Participante I Seminário Nacional de Jovens Lideranças para o Controle Social do SUS no âmbito do HIV/Aids