Skinhead nazista vira mulher, se torna enfermeira e concorre a cargo por partido de esquerda


"Hoje sou uma pessoa diferente", diz
Até 2002, Monika Strub odiava os homossexuais e pertencia ao NPD, o partido neonazista da Alemanha. Na época, ela era conhecida como Horst Strub, um skinhead. Hoje, além de ter abandonado as convicções da extrema-direita, vive como uma pessoa do sexo oposto e está concorrendo a um lugar no Parlamento de Baden-Württemberg.
Monika adotou os “Social Democratas”, uma organização socialista de esquerda, além de trabalhar como enfermeira. “Não quero esconder meu passado e o fato de que eu era um homem e pertencia à cena da extrema-direita. Mas hoje sou uma pessoa diferente, e não tenho mais ligações com a NPD”, disse ao site "Orange News".
Mas os simpatizantes de seu antigo partido não a deixam em paz e a ameaçaram de morte diversas vezes.
Fonte: Pop.com 

Postagens mais visitadas deste blog

Lista de pessoas selecionadas atualizadas

No dia do Rock veja a lista dos roqueiros que assumiram sua HOMOSsexualidade

Edital de Seleção de Participante I Seminário Nacional de Jovens Lideranças para o Controle Social do SUS no âmbito do HIV/Aids