Nota Oficial da ABGLT em solidariedade ao Deputado Federal Jean Wyllys




 A ABGLT – Associação Brasileira de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais, em nome de suas 237 organizações afiliadas, vem a público se solidarizar com o Deputado Federal Jean Wyllys, que no dia 18 de março recebeu três ameaças de morte em seu twitter.
 É lamentável que uma pessoa seja ameaçada de morte – ainda em nome de deus – porque defende a igualdade de direitos da população de lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (LGBT).
 Vimos em uma democracia regida por uma constituição. Não vivemos em uma teocracia regida por um livro sagrado.  Uma democracia é por definição um sistema em que todos e todas têm direitos e deveres, incluindo o direito à vida e o dever de não praticar crimes, entre muitos outros.
 O Deputado Jean Wyllys está apenas procurando fazer cumprir os artigos 3º e 5º da constituição, que estabelecem, respectivamente , que não haverá discriminação, e que todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza. Pois a população LGBT sofre discriminação – comprovada através de diversos estudos científicos conduzidos por instituições de renome – e ainda não goza plenamente da igualdade perante a lei em vários quesitos, entre eles o reconhecimento da união estável entre casais do mesmo sexo.
 A ABGLT pede que as autoridades competentes investiguem o caso, identifiquem e apliquem as penas apropriadas aos autores desses atos covardes.
 A ABGLT solicita ao Deputado Federal Jean Wyllys não se deixe ser intimidado pelas ameaças e que siga dando um belo exemplo de um parlamentar a serviço de seu eleitorado, cumprindo seu mandato com ética e conforme os princípios constitucionais.

 21 de março de 2011

Postagens mais visitadas deste blog

No dia do Rock veja a lista dos roqueiros que assumiram sua HOMOSsexualidade

Lista de pessoas selecionadas atualizadas

Sauna Soho inova na programação e conquista mais frequentadores