Homem mata gay a pedradas porque a Bíblia mandou


Caso chocou Estados Unidos
A investigação da Polícia do Estado da Filadélfia, EUA, esclareceu a morte de Murray Seidman, 70 anos, e revelou uma história de horror ao identificar o acusado.
Ele se chama John Joe Thomas, de 28 anos, que confessou ter matado Seidman a pedradas porque leu na Bíblia que homossexuais devem ser apedrejados até a morte.
Ainda não se sabe se houve um relacionamento entre os dois. Thomas disse à polícia que, depois que Seidman fez insinuações homossexuais para ele, o mesmo recebeu uma mensagem em suas orações que devia acabar com a vida de Seidman.
De acordo com a polícia, Thomas deferiu dez golpes com um pedaço de pedra na cabeça de Seidman e depois jogou fora suas roupas sujas de sangue.
A polícia descobriu a cena do crime depois que Thomas levou os policiais até o apartamento da vítima.
Fonte:Athosgls

Postagens mais visitadas deste blog

No dia do Rock veja a lista dos roqueiros que assumiram sua HOMOSsexualidade

Lista de pessoas selecionadas atualizadas

Sauna Soho inova na programação e conquista mais frequentadores