Surge mais uma vítima de agressores da Paulista

 Reprodução

No mesmo dia em que novamente gays foram alvos de ataques na Avenida Paulista, a Secretaria de Segurança Pública divulgou o surgimento de mais uma vítima da homofobia. Um agente de viagens de 38 anos procurou as autoridades e relatou que também foi agredido por Jonathan Domingues, 19 anos, e por um dos menores envolvidos no ataque ocorrido em 14 de novembro.

O crime teria acontecido em 14 de março, quando a vítima saía de uma festa da Rua Augusta. Segundo ele, os dois rapazes o abordaram e o agrediram com um soco-inglês. De acordo com o delegado José Matallo Neto, do 5º DP, o homem ficou muito ferido, chegando a ficar internado durante cinco dias no hospital São Luiz. Por acreditar que não conseguiria reconhecer os criminosos, o agente preferiu não registrar ocorrência.

Ele relatou que após se recuperar dos ferimentos, voltou ao trabalho e fez uma viagem ao exterior. Ao retornar ao Brasil, viu na TV as imagens de câmeras de segurança que mostraram Jonathan e sua gangue atacando um jovem usando uma lâmpada fluorescente. Graças a isso conseguiu reconhecer seus dois agressores: Jonathan e um dos menores.

O delegado informou que o novo fato será anexado ao caso da agressão do dia 14 de novembro. De acordo com ele, juiz e promotor serão comunicados da nova agressão.

Fonte: MixBrasil

Postagens mais visitadas deste blog

Lista de pessoas selecionadas atualizadas

No dia do Rock veja a lista dos roqueiros que assumiram sua HOMOSsexualidade

Sauna Soho inova na programação e conquista mais frequentadores