Presidente da Fifa pede desculpas por comentário sobre gays no Qatar-2022

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, pediu desculpas publicamente nesta sexta-feira pelo comentário do início da semana que aconselhava gays e lésbicas adotar ema abstinência sexual durante a Copa do Mundo do Qatar-2022.
"Lamento meu comentário, não tinha a intenção de ferir ninguém. Somos contrários à discriminação. Peço desculpas por este comentário", comentou durante entrevista coletiva em Abu Dhabi, palco do Mundial de Clubes.
A declaração de Blatter foi feita na segunda-feira, na África do Sul, depois de uma pergunta sobre o mal-estar dos ativistas homossexuais com a escolha como sede do Mundial um país onde as relações entre pessoas do mesmo sexo são punidas pela lei.
"Acredito que deveriam simplesmente abster-se de qualquer atividade sexual", afirmou em tom de piada, antes de afirmar que a Fifa é contrária à discriminação.
O comentário teve muita repercussão e foi criticado por associações de defesa dos direitos dos homossexuais, que exigiam um pedido público de desculpas de Blatter. 

Fonte:  France Presse

Postagens mais visitadas deste blog

No dia do Rock veja a lista dos roqueiros que assumiram sua HOMOSsexualidade

Lista de pessoas selecionadas atualizadas

Sauna Soho inova na programação e conquista mais frequentadores