Pais de jovem gay suicida processam universidade

Universidade dos EUA será processada por não ter evitado morte de jovem gay
Os pais do jovem gay que se suicidou pulando de uma ponte norte-americana irão processar a universidade onde o rapaz estudava. Tyler Clementi se matou aos 18 anos em setembro último, após a divulgação de um vídeo em que ele aparece transando com outro rapaz. O material foi gravado e espalhado por dois outros estudantes.
De acordo com a Associated Press, os pais de Tyler exigirão que a Universidade Rutgers os indenize, alegando falha na implantação de políticas que coibam a invasão de privacidade entre os alunos.
Acusados pela produção do vídeo, Dharun Ravi e Molly W Wei, ambos também de 18 anos, deixaram a universidade e estão respondendo por violar a privacidade de Tyler.

Fonte: MixBrasil

Postagens mais visitadas deste blog

No dia do Rock veja a lista dos roqueiros que assumiram sua HOMOSsexualidade

Lista de pessoas selecionadas atualizadas

Sauna Soho inova na programação e conquista mais frequentadores