Estudantes fazem manifestação contra o aumento de salário dos parlamentares

Mais de 100 estudantes da Universidade de Brasília (UnB) se reuniram nesta terça-feira (21/12) em ato contra o aumento de salário dos parlamentares, ministros e presidente para R$ 26,7 mil. A manifestação começou às 10h, na rodoviária do Plano Piloto, onde aconteceu a concentração. Do local, os estudantes seguiram à pé até a porta do Congresso.
No gramado, os jovens formaram a imagem de um cifrão ($) em protesto ao aumento de salário aprovado na última quarta-feira (15/12). O grupo levou cartazes com críticas ao reajuste, mas foi barrado pelas polícias legislativas ao tentar entrar no prédio pela Chapelaria.
Segundo Rafael Holanda Barroso, coordenador do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da UnB, o movimento, que reuniu cerca de 140 manifestantes, foi organizado por meio de redes sociais como Orkut e Twitter, após a aprovação do reajuste na Cãmara e no Senado em tempo recorde. "A população foi surpreendida com a rapidez com que o aumento dos parlamentares foi votado", ressaltou.
O projeto aprovado eleva para R$ 26,7 mil o salário dos deputados, senadores, do presidente da República, do vice-presidente e dos ministros a partir de 1º de fevereiro de 2011.

Fonte: Correio Brasiliense

Postagens mais visitadas deste blog

No dia do Rock veja a lista dos roqueiros que assumiram sua HOMOSsexualidade

Lista de pessoas selecionadas atualizadas

Sauna Soho inova na programação e conquista mais frequentadores