Justiça de Roraima permite adoção de criança por casal gay

Em Roraima, o instrutor de cursos Múcio Rosendo da Silva e seu companheiro Alexandre Lúcio de Faria ganharam o direito à adoção de uma menina que foi entregue pela mãe ao casal com nove meses de idade. Hoje, a criança tem dois anos.      
A guarda foi concedida pelo Tribunal de Justiça de Roraima através do Juizado da Infância e Juventude da Comarca de Boa Vista. O pedido de adoção foi feito por meio da Defensoria Pública há cerca de um ano.            
A mãe biológica prestou declarações no Juizado permitindo a adoção de sua filha pelo casal. "Ficou demonstrado que os dois [Múcio e Alexandre] formam uma entidade familiar estável e também está claro que o ambiente familiar proporcionado por eles é saudável", afirmou o promotor de justiça Márcio Rosa da Silva.  

Fonte: A Capa

Postagens mais visitadas deste blog

Lista de pessoas selecionadas atualizadas

No dia do Rock veja a lista dos roqueiros que assumiram sua HOMOSsexualidade

Sauna Soho inova na programação e conquista mais frequentadores